fbpx
minimercados em condominios

Minimercados em condomínios residenciais: a tendência pós-pandemia

Os efeitos que o novo coronavírus produziu em todo o planeta ainda são sentidos e, certamente, terão influência na sociedade por muitos anos. No entanto, isso não quer dizer que algumas mudanças não tenham trazido benefícios interessantes. Pensando nisso, preparamos este post falando sobre os minimercados em condomínios residenciais.

Trata-se de uma verdadeira tendência pós-pandemia, que traz um elevado grau de conforto para os moradores e, por isso mesmo, vem sendo muito bem aproveitada pelo mercado imobiliário, sobretudo para empreendimentos de alto padrão. Continue lendo o conteúdo e aprenda mais sobre o assunto!

O que são os minimercados?

Qualquer pessoa precisa incluir a compra de alimentos na sua rotina, visto que viver à base de refeições de fast-food ou de pedidos de delivery tende a não ser a melhor escolha para a nossa saúde, não é verdade? Para isso, o mais comum é que a gente eleja um supermercado ou hortifruti no bairro, preferencialmente próximo à nossa casa.

No entanto, seria muito melhor se a gente conseguisse fazer isso dentro do local em que vivemos, não é mesmo? Para atenderem a essa demanda, surgiram os minimercados, que não mais são do que pequenas estações nas quais produtos alimentares ficam estocados e podem ser adquiridos, muitas vezes, por autoatendimento, inclusive no pagamento.

Como funcionam os minimercados em condomínios?

Os minimercados em condomínios funcionam de uma forma muito simples e também são conhecidos como “honest markets”, por conta da premissa de que o cliente realiza todo o atendimento sozinho e faz o pagamento voluntariamente, por meio de um totem equipado com um leitor de códigos de barras ou via aplicativos no seu próprio smartphone.

As suas gôndolas ficam expostas a todos e, via de regra, estão em lugares mais movimentados, como entradas, corredores ou portarias. Dessa forma, os moradores podem escolher os produtos, escaneá-los e fazer o checkout, confirmando a compra. É um modelo fácil e intuitivo, que evita ou até mesmo elimina o contato com outras pessoas.

Outro ponto alto é que o processo de instalação é muito simples e isso também ajuda a explicar o sucesso que estão fazendo no mercado imobiliário de hoje. A estrutura é adaptável a qualquer espaço, precisando apenas de uma parede, de tomadas e de cabeamento para internet. Além disso, tudo pode ser monitorado remotamente, por meio de câmeras.

Existem empresas que atuam exclusivamente no ramo e fornecem todos os equipamentos, usualmente por processos de parceria. Elas também costumam se responsabilizar pela reposição do estoque, de acordo com as demandas, além da manutenção e, eventualmente, até pela limpeza, isentando o condomínio de responsabilidades com o negócio.

Os artigos vendidos são encontrados em uma grande variedade e devem atender às necessidades dos clientes — no caso, os condôminos e seus visitantes. No entanto, existe um padrão mais ou menos constante, que mostra que os itens mais pedidos incluem congelados, refrigerantes, refeições prontas, chocolates, sorvetes e assim por diante.

Como a pandemia impulsionou a instalação de minimercados?

Não podemos negar que muitos prédios e empreendimentos residenciais já vinham contando com a presença de pequenos estabelecimentos no seu interior, de forma a atender melhor às demandas dos moradores. Isso englobava lojas de conveniência, padarias e máquinas de refrigerante, por exemplo. Porém, a pandemia reforçou essa necessidade.

i9vale imobiliária SJC

Com as exigências de distanciamento e de isolamento social, ficou mais complicado sair de casa e comprar comida. Isso impulsionou a instalação de minimercados em condomínios, trazendo uma garantia a mais de segurança sanitária, uma vez que não há contato com ninguém para fazer as compras. Logo, é um conceito que tende a ganhar ainda mais espaço no Brasil e no mundo.

Quais são as vantagens de minimercados em condomínios?

Agora que você já está mais bem familiarizado com o conceito de minimercados em condomínios, viu como eles funcionam e como a pandemia impulsionou a sua instalação, vamos falar um pouco mais sobre as vantagens que essa possibilidade proporciona para moradores e visitantes. Veja a seguir!

Comodidade

Não dá para negar que uma das grandes vantagens de minimercados em condomínios é a comodidade. Afinal, como eles estão localizados em áreas estratégicas dentro do próprio empreendimento, as pessoas não precisam de grandes deslocamentos para que adquiram os produtos que bem entendem no horário em que desejarem.

Aliás, esse é um dos pontos altos dessa opção, uma vez que as gôndolas estão disponíveis 24 horas por dia e 7 dias por semana. Bateu aquela fome de madrugada e a despensa está vazia? Basta pegar o elevador e resolver o seu problema. Se você tem filhos, nada impede também de pedir que façam isso por você.

Segurança

A segurança é um dos principais problemas de boa parte dos centros urbanos brasileiros e, embora tenhamos experimentado algumas melhorias nesse aspecto, ainda não dá para andarmos completamente tranquilos por aí. No entanto, a pandemia trouxe outras demandas nesse sentido, especialmente do ponto de vista sanitário.

Estar seguro agora exige também que a gente tenha protocolos que evitem a contaminação e, dependendo do caso, até mesmo o contato próximo com pessoas desconhecidas. Por isso, os minimercados em condomínios são de grande valia, pois permitem que as compras sejam feitas rapidamente e de forma autônoma por meio do autoatendimento.

Facilidade

Por fim, o fato é que os minimercados em condomínios oferecem facilidade para uma série de situações. Em vez de “dar uma parada” na sua rede favorita de fast-food quando voltar do trabalho, por exemplo, você pode parar na gôndola e comprar algo mais saudável ou, pelo menos, um pouco mais fresco.

Além disso, os produtos disponíveis podem ser um tremendo quebra galho em alguns casos. Está fazendo um bolo e faltou leite? Basta descer e adquirir uma caixa. Fez um jantar delicioso e faltou a sobremesa? Chame o elevador e escolha o melhor chocolate disponível. É um oásis de praticidade a poucos passos da sua porta.

Agora, você já entendeu os benefícios de contar com minimercados em condomínios. Então, procure saber se o imóvel que você deseja conta com essa comodidade, pois ela ajuda bastante a facilitar a rotina de qualquer pessoa!

Gostou de aprender mais sobre os minimercados em condomínios? Então, confira também o nosso outro post que fala por que você deve investir no mercado imobiliário de São José dos Campos!

site i9vale imobiliaria sjc

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.