fbpx
paisagismo casa de luxo

Conheça aqui 4 dicas de paisagismo para casa de luxo

Em busca de dicas de paisagismo? Então, você está no lugar certo! Atualmente, cresceu significativamente o número de pessoas que estão se preocupando em cuidar de suas áreas externas.

O motivo é simples: primeiro, porque boa parte da população está passando mais tempo em casa e, logo, começou a se dedicar a essa atividade. Depois, porque existem inúmeros benefícios que podem ser aproveitados ao abraçar a ideia. Há quem diga, inclusive, que o paisagismo consegue melhorar questões de ansiedade, promovendo mais relaxamento, detox da mente e prazer em entrar em contato com a natureza. Bem bacana!

Outro ponto interessante é que mesmo os proprietários de residências luxuosas conseguem investir nessa modalidade. Para tanto, será preciso seguir algumas recomendações que estão listadas neste post. Continue a leitura e saiba mais!

1. Tenha uma boa variedade de plantas

A primeira — e mais importante — recomendação para começar a praticar o paisagismo é, sem dúvida, apostar em uma boa variedade de plantas. Fundamentais para essa produção, as folhagens ajudam a deixar o local mais estiloso, colorido e rico em informações.

Como você pode imaginar, existem inúmeras opções de espécies disponíveis para essa proposta. O ideal é escolher aquelas capazes de se adequar ao seu espaço. Nesse processo, a sugestão é também analisar minuciosamente as particularidades do local, levantando as seguintes questões:

  • Há uma boa incidência de luz solar?
  • Qual o tamanho disponível que eu tenho para plantar?
  • Tenho tempo suficiente para cuidar da manutenção das plantas? Ou devo investir em espécies que demandam poucos cuidados?

Com essas informações em mente, você já pode seguir adiante em seu projeto. Lembre-se, ainda, de sempre verificar quais são as características da planta escolhida, assim como seu porte, cor, textura, tipo de frutos e período de floração.

2. Plante em vasos

Pode até parecer besteira, mas a utilização de vasos fará toda a diferença no paisagismo do seu lar — ainda mais se a ideia é cultivar plantas dentro e fora do imóvel.

O benefício de optar por essa solução é que tais recipientes podem ser modificados de lugar sempre que houver necessidade. Enjoou de uma certa disposição? Tudo bem! Basta posicionar o vaso em outro canto para alcançar um efeito decorativo melhor.

Isso tudo sem contar com a diversidade de modelos existentes no mercado. Em lojas de construção ou de artigos domésticos, existem peças de diversas tonalidades, tamanhos, texturas e formatos, permitindo que a sua produção fique ainda mais original e personalizada de acordo com o estilo dos moradores.

E mais: durante essa etapa, é legal ficar de olho no tipo de mobília presente no restante da residência. Dependendo do seu gosto e da composição do ambiente, há a chance de fugir das opções tradicionais de cerâmica e utilizar vasos diferenciados, produzidos a partir de madeira reutilizada ou elementos metálicos, como o aço.

3. Preze pela boa iluminação

Não é porque estamos falando de um jardim que a iluminação deva ser deixada de lado. Pelo contrário, essa é uma das principais dicas de paisagismo que existem e deve ser levada à risca.

Aqui, é essencial lembrar que essa área externa, quando bem organizada, consegue ser facilmente utilizada durante a noite, especialmente em uma confraternização entre amigos e familiares mais próximos.

Nesses momentos, contar com um sistema de iluminação é imprescindível. Ele ajuda a embelezar o local e, até mesmo, pode deixá-lo mais seguro, evitando uma série de acidentes, como quedas ou tropeços.

O ideal é contar com diferentes equipamentos para melhorar a iluminação. Spots, lâmpadas de LED ou, simplesmente, alguns “fios de gambiarra” entre os arbustos são ótimos para garantir um efeito intimista, acolhedor e funcional. Vale considerar!

4. Escolha muito bem o seu piso

Assim que conseguir eleger os elementos básicos do seu jardim, chega o momento de dar uma atenção redobrada aos pisos. Para não ter problemas no futuro, é indicado utilizar materiais próprios para os espaços externos, inclusive, porque eles ficarão 24 horas expostos às mudanças climáticas, que envolvem chuva, vento ou sol intenso.

Entre os elementos mais indicados, destacamos as pedras, a madeira ou a mistura de diferentes opções. Se houver mobília no local, também é importante que o chão abaixo dessas peças tenha uma boa resistência e, de preferência, apresente ação antiderrapante.

Seguindo esse conselho, você conseguirá manter a área mais organizada, visualmente atrativa, com o visual limpo e muito bem conservado.

E quer mais? É possível realizar todas essas atividades com as suas próprias mãos. A sua única missão será colocar a criatividade para funcionar e, claro, considerar as preferências da família. Não tem erro!

Esperamos que as nossas dicas de paisagismo tenham sido úteis para você. Caso ainda tenha alguma dúvida, não pense duas vezes e deixe o seu comentário abaixo. Em breve, responderemos a sua questão!

Receba as melhores dicas de São José dos Campos e região!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

    Fale o que você pensa

    O seu endereço de e-mail não será publicado.