fbpx

Decoração de interiores: as tendências mais atuais

Na atualidade, em virtude dos grandes acontecimentos nos campos político, social e econômico, vários formatos e modos de serviço foram modelados segundo as tendências atuais. Em se tratando do ramo de arquitetura, são percebidas algumas transformações nas formas de decoração de interiores, que buscam aproximar-se dos gostos e das necessidades dos clientes. 

A esse respeito, vale mencionar que, com a pandemia da COVID-19, as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, tendo que adaptar as suas atividades e o seu trabalho ao ambiente residencial. Por conta desse fato, as novas decorações estão seguindo padrões mais personalizados, em que se priorizam o estilo e o bem-estar dos moradores. 

Entre os aspectos mais relevantes na estilização de interiores, é possível perceber uma maior procura por ambientes mais agradáveis e que possam gerar tranquilidade e conforto. Para você ficar mais por dentro desse tema, preparamos este artigo contendo as principais tendências da decoração de interiores. Continue a leitura e saiba mais!

Pintura colorida no teto

No passado, era muito comum, na decoração de interiores, concentrarmos a atenção no que preenchia o espaço à frente dos olhos. No caso da pintura, a preocupação principal era modelar as paredes com combinações perfeitas de cores. No entanto, hoje em dia, o teto vem ganhando espaço e relevância nos projetos. 

Se, antes, era adotada a paleta variante do branco ao off-white, nos dias atuais, as escolhidas são as cores vivas para o teto. Vale ressaltar que, nessas tonalidades, são utilizados tons fechados, evitando, assim, uma combinação lúdica e infantil. 

Além do mais, é possível obter composições bem ousadas, com a aplicação da tinta começando do rodateto ou das vigas, podendo, em alguns casos, utilizar o mesmo Pantone da marcenaria no forro. Com isso, torna-se viável criar um visual contendo uma superfície contínua e monocromática, o que ajuda a dar um ar diferenciado para a decoração de interiores. 

Marcenaria colorida em tons fechados

Como ressaltado no tópico anterior, um preenchimento com cores vivas tem se tornado uma tendência no momento atual, podendo perdurar por muitos anos. Por conta disso, a marcenaria também tem recebido combinações inovadoras. Se, no passado, predominavam tons neutros, havendo o uso de cor apenas nos objetos de decoração e nos mobiliários da casa, hoje, com a variedade de acabamentos de móveis e decorações no mercado, é possível criar um ambiente muito mais agradável e detalhista. 

Na prática, podemos notar a predominância de cores vivas para as placas e da pintura eletrostática, bem como o incremento de laminados melamínicos. Com isso, o uso da cor tem se mostrado mais interessante dentro dos projetos de marcenaria. Além do mais, vale dizer que, assim como na pintura, aqui, também são adotados tons mais fechados. Seguindo essa tendência, percebemos o incremento de tonalidades, como o azul índigo, o azul petróleo, o marsala, o ocre e o laranja abóbora. 

Lavabo monocromático

Se, no passado, o lavabo era um dos locais de uma residência ou de espaços comerciais com menor investimento e com poucos detalhes, na atualidade, ele vem ganhando a atenção dos arquitetos e dos projetistas. Por conta disso, a indústria e o comércio têm explorado essas tendências de modo a ofertar uma variedade de produtos e acabamentos, sendo, hoje, o lavabo um dos espaços mais personalizados de uma residência.

Como tendência, a aplicação de apenas uma cor em todo o ambiente, o que é chamado de monocromatismo, está ganhando bastante popularidade. Nesse caso, uma dica para ajudá-lo a definir o projeto é usar azulejos contendo cores sólidas para cobrir as paredes e realizar a pintura ou revestir o forro e o piso utilizando o material com o mesmo Pantone. Isso, com certeza, dará uma tonalidade única para a decoração dos projetos. 

i9vale a melhor imobiliaria de sjc

Tintas de pigmentação natural

Primeiramente, é válido falarmos como funcionam as tintas naturais. Elas são compostas basicamente por uma mistura de pigmentos vegetais (ou seja, que são extraídos de folhas, da terra, de sementes etc.) que dão cor às substâncias, além de serem responsáveis pela aderência das partículas à superfície. 

Avaliando essa tendência com uma visão estética, há uma alusão aos costumes das habitações primitivas, dos povos indígenas e de tribos africanas, que utilizavam os recursos naturais como forma de obter tinta para as suas atividades. Com essa ideia em mente, os designers de interiores têm apostado em decorações diferenciadas, de modo a criar espaços minimalistas, dando ênfase às nuances e às texturas desse tipo de material. 

Ladrilho hidráulico como revestimento de móveis e painéis

Essa forma de decoração tem uma origem muito antiga que remete ao Império Bizantino. Nessa época, o ladrilho hidráulico era utilizado como um recurso para a ornamentação de pisos e de paredes. Já nos dias atuais, ele é bastante empregado, mas a sua funcionalidade vai além das superfícies arquitetônicas. 

Nesse sentido, já é possível encontrar muitos profissionais utilizando técnicas que implicam a aplicação de componentes modulares sobre mobiliários fixos, como bancos, mesas e bancadas em alvenaria. Essa combinação pode proporcionar muitas vantagens visuais, havendo uma versatilidade de padrões, composições e cores. 

Vale lembrar que os azulejos cerâmicos que são pintados manualmente, embora mais frágeis, podem ser usados para substituir os ladrilhos tradicionais, visando a revestir pequenas peças, como é o caso de mesas e apoios laterais. Já no caso daqueles que têm um perfil mais ousado, é interessante utilizá-los para o revestimento em paredes e portas com painéis modulares. Assim, é possível combinar superfícies homogêneas quando fechados. 

Painéis de marcenaria

Por fim, não podemos deixar de citar os painéis de marcenaria. A esse respeito, vale pontuar que a madeira é considerada como um dos principais recursos usados para o design de interiores. Um dos motivos é que esse material garante qualidade estética, além de promover a sensação de conforto nos ambientes. 

Vale comentar que, historicamente, os padrões de arquitetura no Brasil sempre tiveram apreço por detalhes que se aproximam de ambientes naturais. E isso é, de certa forma, alcançado ao implementar projetos com painéis de marcenaria. 

Dentre os principais itens que ganharam popularidade no mercado, temos as portas de correr, de padrão camarão, giratórias, ripadas, com textura lisa e rugosa, padrão muxarabis etc. É preciso acrescentar que, diante das grandes variedades de soluções, a camuflagem foi uma das características que estiveram presentes em boa parte dos projetos.

Portanto, essas foram as principais informações acerca das tendências da decoração de interiores na atualidade. Percebe-se que, com o tempo, as ideias de design vão se transformando, tendo a finalidade de se adequar aos novos estilos e aos gostos dos consumidores. 

Gostou do artigo e deseja fazer alguma ressalva sobre o tema? Então, deixe o seu comentário no post!

site i9vale imobiliaria sjc

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.