fbpx
casas de luxo à venda

Casas de luxo à venda: aprenda a evitar os 8 erros comuns!

A pandemia, os juros baixos e a alta do dólar aumentaram a procura por casas de luxo à venda. Trabalhando em home office, com as crianças em aula virtual na maior parte do tempo e sem poder fazer as viagens de costume, muitas pessoas passaram a procurar um lugar mais espaçoso e confortável para morar com a família.

No entanto, para tornar o negócio seguro e evitar arrependimentos futuros, não basta ter o valor do investimento. É preciso ter alguns cuidados na hora da compra. Você sabe quais são eles? A seguir, confira os erros mais comuns cometidos nesse momento e saiba o que fazer para garantir uma transação tranquila e sem transtornos. Confira!

1. Não se planejar

Um dos grandes erros na hora de procurar um novo imóvel é a falta de planejamento. Aliás, a pressa é o maior “inimigo” nesses momentos, pois faz com que tomemos decisões precipitadas e com que fechemos um negócio que pode não ser tão favorável assim. Portanto, analise a sua situação financeira e defina o valor que deseja investir no novo imóvel.

Não se esqueça de que é preciso dar uma quantia de entrada e, caso o pagamento não seja à vista, também é preciso avaliar qual é o valor mensal que se poderá destinar ao pagamento das parcelas do financiamento.

2. Ignorar as despesas adicionais

Muita gente comete o erro de apenas considerar o valor de compra do imóvel. Porém, há outras taxas envolvidas no processo e que também precisam ser levadas em consideração. As principais são:

  • a taxa de corretagem;
  • o ITBI — Imposto de Transmissão de Bens Imóveis;
  • o registro do imóvel;
  • a escritura pública;
  • as taxas cartoriais (como a Certidão Negativa de Ônus Reais);
  • as taxas bancárias, no caso de financiamento imobiliário;
  • os custos de vistoria;
  • o habite-se;
  • os custos com a mudança.

Além disso, não deixe de verificar o valor do IPTU que deverá ser pago, bem como o da taxa condominial, se o imóvel for em um condomínio. Nem todas as negociações são iguais, pois, em algumas delas, é possível que nem todas as taxas sejam de responsabilidade do comprador. Sendo assim, procure saber o máximo de informações sobre isso para evitar surpresas desagradáveis.

3. Ler o contrato apenas superficialmente

Assinar um contrato significa assumir a responsabilidade legal com a outra parte e que você concorda em cumprir todas as obrigações descritas no documento. Assim, para evitar problemas futuros, não deixe de lê-lo com muita atenção. Certifique-se de que compreendeu todas as cláusulas e de que não há qualquer dúvida.

Há muitos termos que não são de uso cotidiano de quem não está habituado a esse tipo de negociação e isso pode gerar um mal-entendido. Então, se possível, procure um profissional do ramo para analisar o contrato e garantir que você compreendeu tudo perfeitamente.

4. Visitar o imóvel apenas uma vez

Se você está pensando em comprar um imóvel pronto, seja ele novo, seja ele seminovo, é indispensável examiná-lo com bastante atenção. Isso porque pode haver defeitos que passam despercebidos em uma avaliação rápida e que podem gerar custos extras no reparo ou na reforma.

Além disso, é interessante visitar o local mais vezes, em horários e dias da semana diferentes. Desse modo, você terá uma noção melhor sobre como é a incidência do sol, a vizinhança, o movimento nos arredores, entre outros detalhes. O ideal, inclusive, é contar com um profissional para realizar um laudo de vistoria. Assim, você terá certeza sobre as reais condições do imóvel.

i9vale a melhor imobiliaria de sjc

Por outro lado, se você deseja comprar um imóvel na planta, observe o projeto com bastante atenção. Analise a disposição e a medida dos cômodos, os acabamentos a serem utilizados, a possibilidade de personalização e a estrutura do condomínio (portaria, vagas na garagem, áreas de lazer e sistemas de segurança).

5. Não verificar a documentação do imóvel

Antes de fechar negócio, examine bem os documentos do imóvel. É fundamental ter certeza de que a propriedade está legalizada e de que não há débitos ou dívidas decorrentes de tributos ou condominiais, pois, após a compra, essas despesas serão cobradas do novo proprietário. Em alguns casos, inclusive, se a documentação não estiver em dia, você não poderá passá-la para o seu nome mesmo que já tenha pago pelo bem.

Logo, solicite documentos, como:

  • a matrícula atualizada no Cartório de Registro de Imóveis do município;
  • a quitação de serviços, como energia elétrica e água;
  • a quitação das taxas condominiais;
  • a certidão negativa de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e INSS (Receita Previdenciária).

6. Deixar de pesquisar sobre a localização

Além de visitar o imóvel, também é de extrema importância buscar saber o máximo sobre a região. É um bairro seguro? Fica próximo do seu trabalho e da escola dos filhos? Há opções essenciais de comércio e serviços? É uma região com potencial de valorização?

Todas essas questões são fundamentais porque vão interferir diretamente em sua rotina após você se mudar para o imóvel. Então, não deixe de pesquisar com atenção, pois, depois de assinar o contrato, não há como voltar atrás.

7. Não pensar em longo prazo

Depois de analisarem as casas de luxo à venda, muitas pessoas optam por uma que atende com perfeição às suas necessidades do momento. Mas e em longo prazo? Também é preciso pensar no futuro. Por exemplo: se você pretende aumentar a família, considere um quarto a mais.

Ademais, se você deseja comprar mais um carro, leve em consideração a quantidade de vagas na garagem. Considere também se há alguma intenção de mudar de emprego.

8. Dispensar uma consultoria especializada

Abrir mão da ajuda de profissionais do mercado imobiliário é um dos maiores erros que uma pessoa pode cometer ao comprar um imóvel. Há quem faça isso por pensar que economizará com a taxa de corretagem. Entretanto, é esse profissional que garantirá que toda a negociação flua corretamente e com segurança, desde a procura do imóvel até a entrega das chaves.

Ele avaliará se o valor cobrado está dentro do que é praticado no mercado, se a documentação realmente está em dia e se o contrato está correto. Ele também o ajudará na vistoria, na simulação e na negociação das condições de pagamento.

Portanto, se você está de olho nas casas de luxo à venda e está disposto a fazer um negócio seguro e sem surpresas desagradáveis, não deixe de contar com uma boa consultoria imobiliária. Ela é fundamental para que você não cometa nenhum erro durante a transação.

Que tal, então, entrar em contato conosco? Saiba como a i9vale Imobiliária ajudará você a encontrar o lugar ideal para morar com a sua família!

site i9vale imobiliaria sjc

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.